Ex-prefeita de Lima é presa em caso Odebrecht

Um juiz peruano ordenou hoje a prisão preventiva da ex-prefeita de Lima, a esquerdista Susana Villarán, em conexão com um esquema de subornos envolvendo Odebrecht e OAS, registra a Folha.

Para Jorge Chávez, que ordenou a prisão de Susana por 18 meses, a ex-prefeita poderia tentar obstruir as investigações, apesar de suas promessas de cooperação com as autoridades.

Desde 2016, quando a empreiteira brasileira admitiu ter subornado autoridades em vários países da América Latina e da África, quatro ex-presidentes do Peru foram detidos preventiva ou temporariamente.

No mês passado, um deles, Alan García, se matou quando autoridades chegaram à sua casa para detê-lo.

 

O Antagonista+: podcasts exclusivos com os comentários e análises de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Diego Amorim e Renan Ramalho. CONFIRA

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. EEduardo Siegfried Zöbisch disse:

    Commoditie petista-privado: corrupção e escândalo.

Ler comentários
  1. Marcelo disse:

    Sim, o PT também exportava muita ... corrupção!

  2. Fernando disse:

    Enquanto isso aqui.... Carmen Lúcia sentou em cima do processo do Zé Pilxntra Dirceu e não quer mais se levantar de cima dele.

  3. GILMAR disse:

    Só a esquerda no esquema de corrupção da Odebrecht meu Deus.

  4. CLs disse:

    E aqui nossas supremas cortes soltam todos....

  5. Ricardo disse:

    Se conheço o modus desculpandis, vai alegar perseguição, culpa da CIA e dos branco de zóio azul...

  6. Siviero disse:

    Estão prendendo mais rápido no exterior do que aqui os políticos corruptos parceiros da Odebrecht

    1. Aqui os togados legalistas de M. Acham que juíz não pode prender. Na verdade o judiciário é cúmplice da bandidagem.

  7. Alexandre disse:

    É esquerdista? Eu jamais poderia imaginar...