ACESSE

Explosão em Beirute atinge casa de Carlos Ghosn

Telegram

Carlos Ghosn, o executivo brasileiro que fugiu do Japão –onde cumpria prisão domiciliar– há oito meses, sentiu na sua casa em Beirute a explosão na zona portuária da capital libanesa, informa Lauro Jardim.

Segundo familiares do executivo que moram no Rio, janelas e portas do imóvel foram destruídas, embora a casa de Ghosn não fique perto do porto. Ele e a mulher, Carole, não se feriram.

Condenado por fraude fiscal no Japão, o ex-presidente da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi fugiu do país no final do ano passado –alegadamente, escondido em uma caixa de instrumento musical-– e se instalou no Líbano, país do qual é cidadão. Ghosn é considerado foragido pela Justiça japonesa.

Leia mais: Por que NÃO aceitamos publicidade de governos e estatais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 5 comentários