Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

FDA aprova dose de reforço da Pfizer para idosos e pacientes de risco

Agência reguladora de medicamentos nos EUA seguiu orientação de seu comitê consultivo, que recomendou a 3ª dose para adultos acima de 65 anos
FDA aprova dose de reforço da Pfizer para idosos e pacientes de risco
Foto: Myke Sena/ MS

A FDA, agência regulatória de medicamentos dos EUA, autorizou nesta quarta-feira (22) que uma dose de reforço da vacina da Pfizer contra a Covid seja dada a pessoas com mais de 65 anos pelo menos seis meses após elas terem recebido a segunda dose.

A agência também aprovou a aplicação de doses de reforço em adultos que apresentem alto risco de desenvolver complicações graves da doença, devido à exposição frequente ao coronavírus em seus empregos.

Como de costume, a “Anvisa americana” seguiu a orientação de seu comitê consultivo científico, que se reuniu para deliberar sobre o assunto na semana passada.

Segundo dados dos Centros para Controle e Prevenção de Doenças dos EUA citados pelo New York Times, cerca de 22 milhões de americanos já tomaram a segunda dose da Pfizer há seis meses ou mais, e aproximadamente metade deles tem mais de 65 anos.

“Milhões de americanos que receberam as vacinas Moderna e Johnson & Johnson ainda estão esperando para saber se eles também podem receber doses de reforço”, escreve o jornal.

Mais notícias
TOPO