ACESSE

Fernández chama Bolsonaro de "racista, misógino e violento"

Telegram

Favorito para vencer as eleições na Argentina em outubro, Alberto Fernández, companheiro de chapa de Cristina Kirchner, respondeu às críticas de Jair Bolsonaro.

O candidato disse que o presidente brasileiro é “racista, misógino e violento”.

“Em termos políticos, eu não tenho nada a ver com Jair Bolsonaro. Comemoro enormemente que ele fale mal de mim. É racista, misógino e violento”, afirmou Fernández.

O poste de Cristina, que já visitou Lula na cadeia, disse mais:

“O que eu pediria ao presidente Bolsonaro é que deixe Lula livre e que se submeta a eleições com Lula em liberdade.”

Bolsonaro muda: quem ganha poder no Planalto? (e quem perde) Leia mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 133 comentários