Flórida terá recontagem de votos para governador e senador

Telegram

Por causa da diferença de menos de 0,5 ponto percentual, o estado da Flórida, nos Estados Unidos, ordenou hoje uma recontagem de votos nas eleições para governador e senador.

Na eleição da Flórida para o Senado, o republicano Rick Scott viu neste sábado uma vantagem de cerca de 12.500 votos — ou 0,15% — para o democrata Bill Nelson.

Na disputa para governador, os resultados parciais mostram que o republicano Ron DeSantis tem uma vantagem de 33.700 votos — ou 0,41% — sobre o democrata Andrew Gillum.

Comentários

  • João -

    Essa Florida é um antro de corrupção, deve ser porque que tem muitos latinos, incluindo muitos brasileiros que amam o socialismo e adoram o capitalismo. Não tem eleição sem rolo.

  • Mauro -

    Se tivessem cumprido a lei aqui no Brasil, teriamos como fazer recontagem e ver que Bolsonaro ja estava eleito no primeiro turno com uma vantagem maior que 75% e o NE nao teria tantos petistas

  • Jackson -

    Lá não tem essa de urna eletrônica fraudulenta que ninguém consegue auditar. Lá vale o papel que fisicamente é contável. Primeiro Mundo é isso, um voto um cidadão

Ler 46 comentários