Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Foi o Estado Islâmico

A polícia marroquina caça os quatro homens que mataram as duas turistas escandinavas no maciço do monte Atlas, na semana passada.

A dinamarquesa Louisa Vesterager Jespersen e a norueguesa Maren Ueland foram surpreendidas enquanto dormiam na barraca que armaram na montanha.

Os quatro assassinos, descobriu-se, prestaram juramento de fidelidade ao Estado Islâmico.

São terroristas, portanto.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO