França quer cortar dinheiro das mesquitas

O premiê Manuel Valls disse que a França pretende proibir que as mesquitas do país recebam dinheiro do exterior.

“É preciso que haja uma revisão completa para formar uma nova relação com o islamismo francês. Esta é uma revolução em nossa cultura de segurança. A luta contra a radicalização será a tarefa de uma geração”, disse.

É o mínimo.

Já se sabe que as mesquitas são usadas para recrutar terroristas – leia aqui.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200