Funcionários da OEA divulgam nota de repúdio a postagem de Arthur Weintraub

Funcionários da OEA divulgam nota de repúdio a postagem de Arthur Weintraub
FOTO Alex Ferreira / Câmara dos Deputados

Recentemente nomeado secretário de Segurança Multidimensional da OEA (Organização dos Estados Americanos), Arthur Weintraub foi alvo de uma nota interna de repúdio do Comitê de Funcionários da organização, informa O Globo.

O comitê considerou “racista, homofóbica e vulgar” uma postagem do irmão de Abraham Weintraub e ex-assessor especial de Jair Bolsonaro no Twitter.

No tuíte, Arthur comenta: “Um latino me disse: ‘tenemos que adaptarnos al nuevo normal’ [temos de nos adaptar ao novo normal]. Respondi ‘mis huevos en la garganta de quien ha inventado esto’ [meus testículos na garganta de quem inventou isso]”.

A nota dos funcionários diz ainda que a linguagem usada pelo ex-assessor de Bolsonaro “atrai atenção negativa não desejada pela organização e deprecia nosso trabalho como servidores públicos internacionais para promover a democracia, os direitos humanos, a segurança e o desenvolvimento integral do hemisfério”.

Como Arthur, seu irmão Abraham também se mudou para Washington, onde ocupa um cargo no Banco Mundial.

Leia mais: Exclusivo: o ‘exílio’ de Weintraub. Comece a ler por apenas R$ 1,90 (1º mês)
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 84 comentários
TOPO