ACESSE

Governador de Beirute compara explosão a bomba de Hiroshima

Telegram

O governador de Beirute, Marwan Abboud, comparou a destruição ocorrida na capital do Líbano, após as explosões na zona portuária, com o Japão depois das bombas atômicas lançadas sobre Hiroshima e Nagasaki.

Em entrevista coletiva, Abboud chorou e afirmou que em toda a sua vida não viu uma destruição como a provocada pelas explosões.

Até agora, as autoridades libanesas contabilizam 30 mortos e mais de 2.500 feridos, mas esse número deve subir.

O governador disse ainda não saber se foi um incêndio que provocou a explosão. Segundo ele, muitos bombeiros que foram ao local atender à ocorrência estão desaparecidos.

Conforme publicamos, as autoridades trabalham com a hipótese de que toneladas de nitrato de amônio armazenadas na região do porto tenham explodido.

Leia mais: Por que NÃO aceitamos publicidade de governos e estatais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 12 comentários