Governo russo é responsável por envenenamento de opositor, dizem especialistas ligadas à ONU

Governo russo é responsável por envenenamento de opositor, dizem especialistas ligadas à ONU
Foto: Reprodução/redes sociais

Especialistas ligadas à ONU concluíram que autoridades russas estão envolvidas no envenenamento do principal opositor do governo, Alexei Navalni, em agosto do ano passado.

Segundo a investigação, o envenenamento de Navalny foi parte de uma tendência de assassinatos de críticos à gestão de Vladimir Putin na Rússia e no exterior, com o objetivo de enviar um recado para reprimir a dissidência.

As especialistas pedem desde agosto ao governo russo que garanta “a realização rápida de uma investigação confiável e transparente que cumpra as normas internacionais e que torne as conclusões públicas”.

Insatisfeitas com a resposta das autoridades, elas destacaram ainda que uma investigação internacional é “particularmente crucial agora que o senhor Navalny está preso pelo governo russo e submetido ao seu controle”. Elas pedem a liberdade do ativista.

Navalny, de 44 anos, adoeceu na Sibéria em agosto passado e foi levado de avião para a Alemanha, que afirma ter encontrado evidências de que ele havia sido envenenado.

 

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO