Governo Trump anuncia proibição de TikTok e WeChat nos EUA

Governo Trump anuncia proibição de TikTok e WeChat nos EUA
Foto: konkarampelas/Pixabay

O governo Trump anunciou nesta sexta-feira (18) o banimento dos aplicativos chineses TikTok e WeChat das lojas americanas de apps.

É um golpe duro contra dois serviços populares, usados por mais de 100 milhões de pessoas nos Estados Unidos.

As proibições entram em vigor neste domingo (20) para o WeChat e em 12 de novembro para o TikTok.

As restrições proíbem a transferência de fundos e processamento de pagamentos por meio desses aplicativos dentro dos EUA. Também proíbem qualquer empresa de oferecer hospedagem de internet, redes de entrega de conteúdo ou trânsito de internet para eles, bem como usar os códigos desses aplicativos em qualquer software ou serviço nos EUA.

“As ações de hoje provam novamente que o presidente Trump fará tudo ao seu alcance para garantir nossa segurança nacional e proteger os americanos da ameaça do Partido Comunista Chinês”, disse em nota o secretário de Comércio, Wilbur Ross.

Em agosto, Trump assinou ordem executiva argumentando que o TikTok e o WeChat coletam dados de usuários americanos que são acessados pelo governo da China. O governo Trump ameaça com multas de até US$ 1 milhão e prisão de até 20 anos quem violar a ordem.

No caso do TikTok, a partir de 12 de novembro, se o aplicativo não for comprado pela empresa americana Oracle, provável adquirente, ou qualquer outra empresa dos Estados Unidos, todos os perfis americanos serão desabilitados.

Leia mais: Exclusivo: o objetivo secreto do 'inquérito do fim do mundo' do STF
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 29 comentários
TOPO