Grécia e UE: sinal de paz temporária

A Grécia e a União Europeia chegaram ao esboço de um acordo que permitirá ao país respirar dentro na Zona do Euro. De acordo com o jornal italiano La Repubblica, a UE consentiu em dar mais quatro meses aos gregos, para que eles comecem a pagar a sua dívida e colocar a casa em ordem.

O governo de Alexis Tsipras queria seis meses. Levou quatro. A Alemanha, a principal credora da Grécia, não queria dar mais nem um dia. Terminou cedendo.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200