ACESSE

Guaidó e oposição venezuelana voltam às ruas

Telegram

O presidente autoproclamado da Venezuela, Juan Guaidó, voltou a liderar manifestações nas ruas de Caracas, nesta terça-feira, contra a ditadura de Nicolás Maduro.

Os atos — que também aconteceram em outras cidades do país — não contaram com um número tão grande de participantes quanto as marchas do ano passado.

As forças de segurança do regime reprimiram o protesto utilizando bombas de gás lacrimogêneo. Houve tumulto, e dezenas de manifestantes ficaram feridos.

“A ditadura se exibe: militariza e ameaça”, escreveu Guaidó no Twitter. “Sabíamos qual era o objetivo da ditadura e estávamos preparados. Em todo o país, demonstramos que não temos medo.”

Leia também: A suspeita de um plano de espionagem no Planalto?

Comentários

  • Positivista -

    Lembrando que Maduro fechou a Assembleia Nacional da Venezuela, a mesma coisa que Bolsonaro quer fazer aqui.

  • So -

    Interessante, Itamarati tirando representantes da embaixada, reunião no sítio do Trump, Bozo prometendo que o Brazil será a bucha do canhão e agora isso. Só faltou combinar com os Russos!

  • José -

    Esse Guaidó é o Aécio daqui?! Homem, vai procurar o que fazer. Tinha que ser preso. Maduro é muito generoso!

Ler 5 comentários