Guaidó teve apoio de 700 a 800 militares, estima tenente

Em entrevista à CNN, o tenente aposentado venezuelano José Antonio Colina estimou que de 700 e 800 militares tenham dado apoio à Operação Liberdade de Juan Guaidó hoje.

Para Colina, esse número é insuficiente para derrubar Nicolás Maduro.

Leia na Crusoé:

Entre 700 e 800 militares apoiaram Guaidó na Venezuela

Caracas na rua contra o ditador Maduro CONFIRA
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO