Hadfi, outro demônio

De acordo com o Washington Post, um dos homens-bomba do Stade de France foi identificado como Bilal Hadfi, também da Bélgica. Ele também esteve na Síria.

Faça o primeiro comentário