ACESSE

Hidalgo é reeleita em Paris; verdes vencem em Lyon e Marselha

Telegram

A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, foi reeleita ontem para mais um mandato à frente da capital francesa.

A socialista teve cerca de 50% dos votos e derrotou a ex-ministra da Justiça Rachida Dati, candidata dos Republicanos, que ficou com 30%.

“Os parisienses elegeram a esperança. Elegeram uma Paris que respira, mais agradável para viver, mais solidária porque não deixa ninguém de lado”, disse Hidalgo após a confirmação da vitória.

As eleições foram marcadas por um avanço do Partido Verde, que conquistou prefeituras importantes como Lyon, Marselha e Bordeaux.

“Nesta noite, venceu o desejo de um ecologismo concreto, um ecologismo de ação”, comemorou Yannick Jadot, um dos líderes dos verdes.

O República em Marcha, partido do presidente Emmanuel Macron, perdeu em quase todas as grandes cidades do país.

O primeiro-ministro, Édouard Philippe, venceu a eleição em Le Havre. Segundo a Constituição francesa, o premiê pode nomear um substituto para ocupar a prefeitura.

Em meio à epidemia de Covid-19, as eleições registraram abstenção recorde. Apenas 40% dos eleitores em condições de votar compareceram às urnas.

Leia mais: A estratégia de Bolsonaro para chegar ao fim do mandato

Comentários

  • Débora -

    Acho muito engraçada essa ala socialista! Eles agem como se fossem os detentos do bem! São os salvadores! Quando na verdade eles se apropriam das pautas como se estas fossem de exclusividade deles...

  • Inacio -

    Nosso amigo Mário , junto com a legião brasileira de socio- capitalistas devem estar felizes.

  • Inacio -

    Inseriu à paisagem os coletes amarelos.

Ler 14 comentários