Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Homem que levou "Round 6" à Coreia do Norte é condenado à morte

Ele será submetido a um pelotão de fuzilamento, depois de vender cópias do sucesso da Netflix em pen drives
Homem que levou “Round 6” à Coreia do Norte é condenado à morte
Divulgação: Netflix

Um homem que contrabandeou e vendeu cópias piratas da série “Round 6” na Coreia do Norte foi condenado à morte no país. Autoridades locais flagraram estudantes do ensino médio assistindo à série sul coreana, uma das mais vistas da história do Netflix.

O contrabandista levou as cópias para o país vindo da China, vendendo pen drives que continham o arquivo da série em vídeo. Ele será submetido a um pelotão de fuzilamento.

Um dos estudantes que comprou o arquivo foi condenado a prisão perpétua. Outros seis, que apenas assistiram à série, foram sentenciados a cinco anos de trabalhos forçados.

Professores e administradores da escola foram demitidos e mandados ao exílio para trabalhar em minas remotas.

As punições marcam a primeira aplicação de uma legislação implementada no ano passado na Coreia do Norte, chamada Eliminação do Pensamento e Cultura Reacionários, que penaliza cidadãos que virem, portarem ou distribuírem conteúdos da mídia capitalista.

Mais notícias
TOPO