Identificado autor de atentado em bar na Califórnia

Autoridades policiais dizem ter identificado o autor do atentado que causou 12 mortes em um bar na Califórnia.

Segundo a NBC, trata-se de Ian Long, de 28 anos, um ex-militar: “De raça branca e com várias tatuagens, chegou ao bar no carro de sua mãe e durante os disparos não disse uma só palavra”.

Ele estava vestido de preto e atirou de maneira indiscriminada contra os clientes, segundo testemunhas.

Long se matou depois dos disparos.

A grande imprensa está, é claro, atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Sergio Moro... LEIA AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Okles disse:

    Branco que mata branco. Ex-militar que tem porte independente se armas são proibidas. E suicido com dois tiros na cabeça. E lobo solitário, porque essa é desculpa para não investigar.

Ler comentários
  1. Alexandre disse:

    Sempre assim. Vão agora provar que o cara era adorador do Trump, da KKK, do Hitler. Se bobear, era apoiador do Bolsonaro e fã do Olavo de Carvalho.

  2. Marcio disse:

    O suspeito matou-se com dois tiros na cabeça.

  3. Felipe disse:

    Cala a boca otário, se fosse marrom já teriam inventado que tinha falado árabe, mas como é um branquelo sempre é doente mental.

  4. Gustavo disse:

    Mass shootings são quase 100 % obras de americanos brancos. Algum tipo de loucura que não acontece nas outras etnias americanas.

  5. Celso disse:

    Tenho arma registrada há 25 anos.Já evitei 2 roubos em minha prop rural simplesmente dando tiro de advertencia p cima.É p isso o registro...

  6. JOSE disse:

    Enquanto isso os Bolsominions querem afrouxar as restrições ao comércio de armas no Brasil. Beleza se cada boçal bêbado andar com uma pistola na cintura pelos bares afora do nosso Páis... Maravi

    1. Vamos proibir a venda de lápis? Lápis mesmo; aquele de escrever. Com um desses eu consigo matar alguém. E carros! Vamos limitar a velocidade de todos os carros do país em 40 km/h.

    2. José, o seu argumento é ilógico. Mas, ainda q não fosse, não é pq 1 maluco erra q as pessoas d bem devem ser prejudicadas por isso. Loucos sempre existirão.

    3. Se pensasse um pouco, entenderia que se mais alguém no bar estivesse armado, ele não teria matado quase ninguém, após os primeiros tiros teria levado chumbo. É o que nós cidadãos faremos.

    4. a pessoa quando q fazer maldade n precisa de porte facilitado , basta estar no coração dela fazer aquilo , ele mato 12 , mas qts foram salvos por legitima defesa ? milhares!

    5. Deixa de ser imbecil. Bolsonaro quer cidadãos de bem, cumpridos requisitos, com arma EM CASA, para proteção CONTRA INVASÃO. Seu pensamento infantil é que os bandidos gostam. Eles agradecem.

  7. JoãoI disse:

    Pô Antagonista, SUPOSTO AUTOR??? Que papo politica/idioticamente correto é esse? É criminoso, assassino, maluco, não é suposto porra nenhuma.

  8. Maria disse:

    É o Islam disfarçado! Olha a herança pérfida de Obama!

    1. E o sujeito lá era cristão ? Quem costuma matar estranhos em tiroteios e bombas não são os cristãos, são ? Pois é... quem prega a Jihad também não são os cristãos. Alahu Akbar pra vc !

    2. O sujeito era cristão ? KKKKKKKK Bom, pra ser franco, nunca vi um homem-bomba cristão. E você, viu ?

    3. Retardada, agora até quando cristãos matam nós muçulmanos levamos culpa.