Imigração ilegal: a Europa ferve com a nova política italiana

Emmanuel Macron e Angela Merkel, como se fossem os reis da Europa, fizeram um texto do que deveria ser a nova legislação sobre imigração da UE, sem consultar os demais países que se reunirão no domingo, em Bruxelas.

Pelo texto, o país que recebe imigrantes ilegais deve se virar sozinho para abrigá-los ou deportá-los — uma punhalada nas costas da Itália, que já recebeu 700 mil imigrantes provenientes da África e do Oriente Médio desde 2013, e quer ver a situação enfrentada pelo conjunto das nações da UE.

Giuseppe Conte, primeiro-ministro italiano, disse que não iria a Bruxelas para apor o seu jamegão nessa piada franco-alemã.

Angela Merkel, agora há pouco, telefonou para Conte e disse que o texto pré-confeccionado com  Macron será deixado de lado e que tudo não passou de um “mal-entendido”.

A Europa ferve com a nova política italiana de dar um basta à hipocrisia europeia.

 

Comentários

  • cristian -

    Há três anos, eu vi o vídeo de um líder islâmico mandando os árabes invadirem a Europa, pois os europeus não queriam mais ter filhos. A missão deles era ter muitos filhos na Europa até que a Europa fosse toda tomada pelos islâmicos.

  • Rosa -

    Essa é a pergunta que fazem italianos.Soros e os outros donos do $ no mundo,dão para ONGs que "salvam"refugiados islâmicos e levam para países cristãos,mas não dao para os paises,para que permaneçam em sua terra,e matem terroristas. A Europa se enche de imigrantes de paises sem guerra também.

  • Go -

    É a phorra do politicamente correto Político é tudo gentalha, bandidagem travestida. Aqui e ali eles se igualam, sempre por baixo e no pior A Europa merece a decadência que já bate à sua porta

Ler 65 comentários