Irã ameaça "guerra total" se for atacado

Javad Zarif, ministro das Relações Exteriores do Irã, subiu o tom nesta quinta-feira e ameaçou uma “guerra total” caso o país seja atacado pelos Estados Unidos ou pela Arábia Saudita.

Em entrevista à CNN, Zarif também disse que, nesse caso, os sauditas teriam que lutar “até o último soldado americano”.

O ataque a duas refinarias sauditas no último fim de semana fez a tensão aumentar entre EUA e Irã. O governo de Donald Trump acusou os iranianos de envolvimento no episódio — mesmo após rebeldes houthis, do Iêmen, terem reivindicado a autoria do atentado.

“Nós só ouvimos a declaração [dos houthis]. Eu sei que não fomos nós. Eu sei que os houthis deram uma declaração de que eles fizeram”, afirmou Zarif.

A estreia de Ana Paula Henkel como colunista da Crusoé. Leia mais
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 39 comentários
TOPO