ACESSE

Irã executa suspeito de repassar informações sobre Soleimani aos EUA

Telegram

O Irã executou hoje um homem que havia sido condenado por repassar informações das Forças Armadas aos Estados Unidos e Israel.

Em comunicado, a Justiça iraniana afirmou que o ex-tradutor Mahmud Musavi Majd, preso desde 2018, entregou à CIA e ao Mossad –o serviço de inteligência de Israel– informações sobre deslocamentos do general Qassim Soleimani.

Principal comandante militar do Irã, Soleimani foi morto em janeiro durante um ataque de drones realizados pelos EUA no Aeroporto Internacional de Bagdá.

“A sentença de Mahmud Musavi Majd foi executada na segunda-feira de manhã por espionagem, para que o caso de traição a seu país fique encerrado para sempre”, diz o comunicado oficial da Justiça do Irã.

Na semana passada, um ex-agente do Ministério da Defesa do Irã também foi executado por suspeita de espionagem. Segundo o Judiciário iraniano, Reza Asgari havia vendido informações sobre o programa de mísseis do Irã para a inteligência americana.

Leia mais: Bolsopetismo pró-impunidade: a aliança para enterrar a proposta de prisão após condenação em segunda instância

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 24 comentários