Irã prende mulheres que queriam ver jogo de futebol

A polícia iraniana prendeu duas mulheres que tentavam assistir a um jogo de futebol no estádio Azadi, em Teerã. O “crime” delas foi exatamente querer ver o jogo.

Um porta-voz do Ministério do Interior iraniano informou que as mulheres foram detidas temporariamente e liberadas ao final da partida.

O Irã proibiu as mulheres de ver jogos de futebol nos estádios desde a Revolução Iraniana de 1979.

 

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Onde está Maria do Rosário ? Cadê Vanessa Grazziotin, Gleisi e Lindbergh ?
    Onde estão os movimentos feministas que gritam e fazem manifestações ruidosas com apoio da imprensa-de-programa por qualquer besteira ?
    Mulheres iranianas estão sendo presas sem motivo legítimo. Mulheres africanas sofrem mutilação genital. Meninas são sequestrados e estupradas coletivamente por milícias islâmicas na África subsaariana.
    Mas nenhum dos CANALHAS acima dá sequer, um pio…

Ler mais 19 comentários
  1. Onde está Maria do Rosário ? Cadê Vanessa Grazziotin, Gleisi e Lindbergh ?
    Onde estão os movimentos feministas que gritam e fazem manifestações ruidosas com apoio da imprensa-de-programa por qualquer besteira ?
    Mulheres iranianas estão sendo presas sem motivo legítimo. Mulheres africanas sofrem mutilação genital. Meninas são sequestrados e estupradas coletivamente por milícias islâmicas na África subsaariana.
    Mas nenhum dos CANALHAS acima dá sequer, um pio…

  2. Em 2015, na Arábia Saudita (pasmem!), o blogueiro Raif Badawi foi condenado por “insultar o Islã por meios eletrônicos” e “desobediência”, sendo sentenciado a dez anos de prisão e a mil chibatadas. Mas as mulheres agora podem dirigir automóveis! E os cinemas foram reabertos depois de 30 anos!!! Quanta modernidade! Palmas para o príncipe! Daqui a 50 anos, quem sabe, poderão viajar para o exterior sem pedir autorização dos maridos. E pensar que esses países tirânicos e medievais, que tratam mulheres feito lixo, perseguem homossexuais, e onde meninas de 13 anos são obrigadas a se casarem com homens de 60, em nome da “tradição”, recebem o apoio de esquerdopatas dementes do mundo inteiro. É repugnante…

  3. Tem que prender mesmo! Imagina se as autoridades daquele justo país fossem fechar os olhos para tão bárbaro crime: assistir um jogo de futebol, e ainda por cima, masculino! Aplausos para tão sábia atitude!!

  4. • BOLA É COISA PARA VIRGULINOS
    • BOLA É COISA PARA CABEÇUDOS
    • BOLA É COISA PARA BAGULHOS MAL PARIDOS
    • BOLA É COISA PARA CARAS de MAPAS do INFERNO
    • O SUB–RAÇA FDP QUE GOSTA de ÔME
    • O SUB–RAÇA FDP QUE GOSTA de CABEÇA de BAGRES
    • AINDA DEIXAM ESTES morfétiCÚS VOTAR
    • MENINAS IRANIANAS VCs JÁ TEM o LOCAL PARA COLOCAR BOLAS
    • LAVEM o LUGAR das PARTIDAS TODOS os DIAS
    •NÃO DEIXE FEDORENTOS COMO as de mainha lindu
    • MENINAS LOUVEM–ME e DIGAM: “AI–ATOLÁ
    • MENINAS LOUVEM–ME e DIGAM: “AI–ATOLÁ
    • MENINAS LOUVEM–ME e DIGAM: “AI–ATOLÁ
    • MENINAS LOUVEM–ME e DIGAM: “AI–ATOLÁ

    • O SUB–RAÇA FDP QUE GOSTA de CABEÇA de BAGRES
    • AINDA DEIXAM ESTES morfétiCÚS VOTAR
    • MENINAS IRANIANAS VCs JÁ TEM o LOCAL PARA COLOCAR BOL

  5. Pô, sei que o assunto é sério mas não há como imaginar se arriscarem para ver futebol iraniano. Nem aos jogos no Brasil vou mais, fugindo da violência (dentro e fora de campo), do trânsito, do custo, da falta de educação, arbitragens ruins, técnicos ruins, dirigentes ladrões e incompetentes e dos perebas em quantidade. Nada no espetáculo de hoje me atrai o suficiente para ultrapassar essas barreiras, por exemplo ver um Romário, um Zico, um Pelé, um Ronaldinho Gaúcho. E olha que o Brasil já foi um celeiro de craques e de vez em quando ainda aparece um ou outro. E lá? Suponho que sejam até umas corajosas mulheres que resolveram dar visibilidade a essa iniquidade e testar os limites do sistema.

  6. Até que saiu barato, a sorte das ‘Fátimas’ é que foi no Irã, fosse na Arábia Saudita aliada dos EUA ou qualquer país sunita – com exceção da democrática e laica (ainda) Turquia – elas receberiam 50 chibatas cada uma, ou até executadas em praça pública.

  7. Tem que prender mesmo.
    Estádio de futebol nao é lugar de mulheres decentes. O que certamente não é o caso dessas duas senhoras.

    E tendo em vista que futebol é coisa de imbecil…

  8. Tanta coisa boa pra se fazer na vida e essas duas mulheres foram querer assistir a uma partida de futebol entre dois times iranianos???! Aposto que ambas foram presas pela prática de masoquismo, só pode!