Irmão de Macri nega pagamento de subornos

Gianfranco Macri –irmão de Mauricio, presidente da Argentina– depôs ao juiz federal Claudio Bonadio hoje e negou ter feito pagamentos de suborno para a construção de estradas, informa o Estadão.

Bonadio incluiu o irmão e o pai do presidente na investigação sobre uma rede de corrupção.

No caso, dezenas de empresários são suspeitos de terem pago subornos milionários a funcionários dos governos de Néstor e Cristina Kirchner para obter contratos nas áreas de infraestrutura e transportes.

O juiz já pediu mais de uma vez a prisão de Cristina –que, por hoje ser senadora, desfruta de imunidade parlamentar.

Exclusivo: atiradores, bomba e terroristas em nova ameaça a Bolsonaro LEIA AGORA

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Linhares disse:

    RXNzYSDpIGEgZGlyZWl0YSBsaWJlcmFsIHF1ZSBlc3ThIHRlcm1pbmFuZG8gZGUgZGVzdHJ1aXIgYSBlY29ub21pYSBhcmdlbnRpbmEuIEd1ZWRlcyBu428gZGlmZXJlIGVtIG5hZGEgZGVzc2EgZ2VudGUu

Ler comentários
  1. Jose disse:

    UFRiYXMgZSBraXJjaG5lcmlzdGFzIHPjbyBhIG1lc21hIGNvaXNhISEh