Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Israel: A sentença política da Suprema Corte que pode evitar o despejo de palestinos

O tribunal do país tenta chegar a um acordo com as quatro famílias que vivem no bairro de Sheikh Jarrah, em Jerusalém Oriental
Israel: A sentença política da Suprema Corte que pode evitar o despejo de palestinos
Foto: Reprodução

A Suprema Corte de Israel tentou nesta segunda-feira (2) fazer um acordo com as 4 famílias palestinas que vivem no bairro de Sheikh Jarrah, em Jerusalém Oriental, e correm o risco de serem despejadas, diz a Crusoé.

“A sentença tenta um meio-termo entre o pedido dos movimentos judaicos que reclamam aquela terra com base em uma lei nacional e o direito individual dos palestinos que vivem lá há gerações. ‘Foi uma decisão muito política, porque os juízes deixaram de lado alguns preceitos jurídicos. Mas, se funcionar, pode ser uma solução para vários outros casos em Israel’, diz o professor Michel Gherman, coordenador do Núcleo de Estudos Judaicos da UFRJ e diretor acadêmico do Instituto Brasil-Israel.”

Segundo a lei israelense, os terrenos que pertenciam a judeus antes da Guerra de Independência, de 1948, podem ser reclamados por eles. Este é o caso de Sheikh Jarrah.

Leia mais aqui. 

Mais notícias
TOPO