Israelenses e palestinos reagem a decisão de Trump

Como esperado, o premiê de Israel, Binyamin Netanyahu, classificou como “dia histórico” o do reconhecimento, por Donald Trump, de Jerusalém como capital do país.

O premiê afirmou ainda que a decisão “justa e valente” de Trump não mudará nada no que diz respeito aos locais sagrados de Jerusalém para judeus, cristãos e muçulmanos.

Lideranças palestinas reunidas na OLP, porém, afirmaram que a declaração dos EUA destrói a solução de dois estados negociada no processo de paz. Mahmoud Abbas, o presidente da Autoridade Palestina, disse que ela levará a “guerras sem fim”.

E o Hamas, grupo islâmico que controla a faixa de Gaza, disse que a ação “abre as portas do inferno” para os interesses americanos na região.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Não existe estado palestino e nunca houve é só estudar história , não existe e nunca houve palestina os israelenses voltaram para a sua casa se um invasor se apoderar da casa alheia um dia será despejado simples assim .

Ler mais 92 comentários
  1. Não existe estado palestino e nunca houve é só estudar história , não existe e nunca houve palestina os israelenses voltaram para a sua casa se um invasor se apoderar da casa alheia um dia será despejado simples assim .

  2. Os Israelenses não podem se acovardar Jerusalém é a capital dos judeus , se tiver que ir pro pau paciência o outro lado quer a destruição do estado Judeu mesmo os esquerdopatas do mundo odeiam os judeus . Valeu Trump Jerusalém é a capital de Israel ontem hoje e sempre será gostem ou não os seres das trevas .

  3. Israel, como sempre, é truculento e covarde ao promover assentamentos em terras mundialmente reconhecidas como palestinas. O mundo está cheio de ignorância e de cegos que aliam-se, covardemente, sempre do lado mais forte. Para Israel o mundo inteiro está errado, a ONU, o Japão, a União Europeia e outros tantos quando defendem o direito dos Palestinos àquelas terras e quando condenam os assentamentos de colonos judeus nestas terras. Igrejas evangélicas brasileiras foram judaizadas, a exemplo das evangélicas americanas, fazendo de todos aqueles que discordam da posição do Estado Israel pessoas antissemitas e amaldiçoadas. Israel, quando lhe convém, não perde tempo em usar do coitadismo para obter lucros políticos, como, também não perde tempo em para atacar inimigos belicamente mais fracos

  4. Tanto um lado quanto o outro, apesar de estarmos no séc XXI, partilham da mesma cultura belicosa e primitiva de tribos. Nunca deixaram de ser tribais, territoriais, e não há diplomacia que dê jeito. Todos os que tentaram quebraram a cara, e só se meteram em mais encrenca terrorista.

  5. ENGRAÇADO.. O PREMIÊ ISRAELENSE ESTÁ FELIZ E A POPULAÇÃO ISRAELENSE ESTÁ COMEMORANDO..

    MAS O CARECA CABEÇA DE GLANDE MÁRIO SABICHONA JUROU Q A DECISÃO ERA RUIM POR QUALQUER ANGULO..

    E AGORA? ESTOU CONFUSO

  6. Muito corajoso desafiando palestinos desarmados, muito covarde contra um ditador Coreano armado, assim é este “herói” americano. Só está fazendo o que é melhor para os Estados Unidos (promessa de campanha), o mundo que se dane, e as cheerleaders dele por aqui estão em delírio, sem conseguir perceber o tamanho e as consequências das besteiras que ele faz.

    1. concordo. Israel, como sempre, é truculento e covarde ao promover assentamentos em terras mundialmente reconhecidas como palestinas.

  7. Parabéns por seu comentário isento de fundamentalismos exacerbados tanto de judeus como de palestinos. Parece que virou crime apontar o dedo para os crimes praticados pela truculência de Neitanyahu e do governo israelense. Os assentamentos de colonos judeus em terras mundialmente reconhecidas como palestinas não param. Israel aproveita-se do coitadismo para justificar seus crimes.

    1. Parabéns a você também pela colocação. Ninguém nesse fórum contrário aos palestinos citou uma vez sequer a ilegalidade da expansão dos assentamentos judeus por toda Cisjordânia. Talvez porque achem legítimo a ocupação, o chamado povo de Israel.
      Só que não sabem que a esmagadora maioria desses colonos tem zero ligação sanguínea com os judeus do tempo do Velho Testamento. São judeus convertidos, ou seja, pela religião uma pessoa tem o direito de ocupar um território.
      Se isso valesse, nós brasileiros poderíamos ocupar o Vaticano, ora ! Somos cristãos e lá está a sede da Igreja católica. Convenhamos, é um absurdo !

  8. Sou super aberta a debater ideias ! A ONU é uma organização que erra muito às vezes, mas nesse assunto, ela só pede que Israel aceite deixar os territórios estabelecidos para a criação da Palestina e condena os atos de terror praticados por qualquer palestino. Creio que não se contesta o abusivo dogma islâmico de fazer com que mulheres sejam obrigadas a usar roupas que a escondam, porque não se quer contestar o fato que as mulheres judias religiosas são obrigadas a cobrir os cabelos com panos ou perucas. O anti feminismo do Islã parece ao antifeminismo de Israel que não permite que a mulher peça divórcio ou tenha a guarda dos filhos ao querer se separar. É só você pesquisar e irá confirmar o que digo. vivi em Israel e existe essa dualidade de democracia e apartheid, liberdade e religião.

    1. Mas você tem razão, os esquerdistas são insuportáveis com essas amarras politicamente corretas ou ir de encontro a tudo o que é conservador.
      Não esqueçamos também que temos os loucos de ultra direita…
      A humanidade é muito complexa, temos que estudar os temas com muito cuidado. É a busca da “ reta opinião” budista.
      PS: sou cristã !

    2. Parabéns por seu comentário isento de fundamentalismos exacerbados tanto de judeus como de palestinos. Parece que virou crime apontar o dedo para os crimes praticados pela truculência de Neitanyahu e do governo israelense. Os assentamentos de colonos judeus em terras mundialmente reconhecidas como palestinas não param. Israel aproveita-se do coitadismo para justificar seus crimes.

  9. Ivana, a maior prova de que não querem solução nenhuma é não querer mudança que leve á uma solução. Prova disso ´a ameaça: teremos guerras sem fim. O ódio á Israel é o cerne da questão.Não haveria nunca uma solução porque se alimentam de ódio. Não querem mais nada exceto que suas vontades sejam feitas. E isto que citou é a verdade segundo Abbas? Está claro que esta fajuta conjuntura que está há décadas sendo resolvida nunca seria. O simples fato de uma mudança de endereço de embaixada significa isso tudo? Não, Pq, Pq odeiam ter que aceitarem que Israek é um Estado. Pq não pleiteiam lugar natural na Jordãnia? pq só em Israeel?

    1. Sei disso. Mas aqueles que promovem o terror são comissionados. E o que move seus líderes é a mesma coisa. A não aceitação de Israel. basta ver os discursos na Onu. As decisões sobre Israel. É triste ver famílias, crianças, sem liberdade, alegria e paz. Mas ainda acho que os reais culpados são aqueles que semeiam o ódio e promovem e exarcebam os conflitos. Pq não se contesta a intolerancia dos muçulmanos com as outras fé religiosas? Pq não se contesta o abusivo dogma de fazer com que mulheres sejam obrigadas a usar roupas que a escondam, Pq nao se contesta ao anti feminismo do Islã? Pq a narrativa é COMUNISTA. Pq do Interesse voraz de esquerdistas nacionais aqui atacarem valores cristãos com perversões que são um insulto ás famílias de maioria cristã? ateísmo e maldade….

    2. Postei abaixo um comentário, talvez você não tenha lido. Existem dois grupos palestinos e seus apoiadores: Fatah ( que o Brasil reconhece como governo legítimo da Palestina) e Hamas. São inimigos e têm estratégias diferentes em relação à Israel. Há muito confusão, não existe só um monte de palestinos que não querem reconhecer Israel. O Hamas, que não quer, só ocupa uma diminuta faixa de terra na região, a Fauxa se Gaza, e acreditam no uso da força e a não aceitação de Israel. Precisamos parar de ver os palestinos como um bloco único. Precisamos abrir nossos olhos para a realidade. Não esqueçamos que existem palestinos cristãos, que só querem seguir sua fé em paz!

  10. Muito bacana esse comentário “os judeus autenticos não são terroristas” ! No fundo, nenhum ser humano que siga sua religião por inteiro irá praticar um ato terrorista . Não sou especialista e sei que o Corão tem passagens bem controversas, mas a nossa Bíblia no Velho Testamento também não os tem ?? O que entender com o dito “ olho por olho, dente por dente”? O Islã tem uma ala mais radical, mas a esmagadora maioria dos muçulmanos não aprova o assassinato de pessoas, mesmo de outras religiões, assim como a maioria dos judeus também não.

    1. Cara Ivana, não adianta argumentar com certo tipo de gente. Fazem confusão entre religião e estado. Não conseguem enxergar que o judeu existe em todo o mundo, é como cristão ou como muçulmano e Estado Israel nada tem a ver. Não vai faltar algum idiota para lhe é para lhe dizer que “aquele que age contra Israel será amaldiçoado”. Espere e verá. Não perca seu tempo.

    2. Interessante. Já ouviu dizer que quem tem só o Pai e não tem o Filho, também não tem o Espírito Santo? Yeshua na cruz, em momento derradeiro exclamou_ ” Eu e o Pai somos UM.” O primeiro Testamento contém a rigidez de um pai autoritário. Mas considere que todas as escrituras religiosoas foram escritas por um ser humano sob inspiração Divina. Então, Mudou a Lei, ou mudou a capacidade de interpretação da mesma? O que segue seu coração Ivana, não se engana, porque ressoa com amor, compaixão, fraternidade, união Paz. Maus intencionados estão em todo o planeta. Nunca ouviu falar do joio e do trigo e de como o Senhor se referiu aos tais quando disse_ deixai que cresçam juntos até o tempo da ceifa.Pois os tempos da ceifa é o atual.Quem faz maldade faça ainda até que sejam selados os que servem ao

  11. Cadê as trumpstermaniacs para dizer que o palhaço bozo iria acabar com george soros? estão todos unidos: soros, sheldon, schumer, trump, merck, bibi …. otários! o mundo tem dono faz tempo. trump é só um fantoche sionista. Por mim, uma bomba em todo o oriente médio seria bem-vinda – acabaria com toda a loucura destes povos doentes mentais das tres religioes abrâamicas retardadas.

  12. Por questões negociais diplomáticas, bastaria requerer – por isonomia e justiça – que os cristãos tivessem o mesmo espaço e liberdade que os muçulmanos têm em Jerusalém lá em Meca.
    Neste páreo político com capa de religioso, o lado cristão do mundo deveria negociar melhor com a migração muçulmana no ocidente visando impor as suas culturas em terras de outras culturas. Uma arma negocial seria exigir que, a cada cessão de costumes de muçulmanos no ocidente houvesse obrigatoriamente uma recíproca nos países muçulmanos, como, por exemplo: o uso de burga nas escolas ocidentais ter como contrapartida o uso de minissaia por ocidentais nas cidades e mesquitas muçulmanas; e assim por diante.

  13. Pois é Indignada, eles não permitem, sua fé abomina qualquer outro religioso que não seja da fé islâmica e no entanto, pasme, o papa católico permitiu uma cerimônia religiosa islãmica dentro do Vaticano, ninguém hoje se enaga. se defende terroristas anti cristaos épq é comunista a serviço do imperialismo globalista,.

  14. O cara é um jumento juramentado. Vá ser mal informado e intencionado em Plutão. A mídia é comprada chapinha. Comprada e est´[a a serviço daqueles que seus gurus satanicos petistas chamam de imperialistas. O comunismo, bolivarianismo, esquerdismo socialista td a lesma lerda, é financiado pelos imperialistas iluminattis seu imbécil, Vai pesquisar e deixa de ser idiota útil, ou vá procurar um terapeuta e tirar o implante negativo que vc tem atras do pescoço.

  15. Go Trump , chora terroristas , chora esquerda maldita , chora caio blinder , chora antagonistas , que está a favor desses globalistas demôniacos e que está causando tanta desgraca para população mundial. Parabéns Israel pela conquista Yahu nosso pai deu esta terra para vocês ninguém tem direito de toma lá nem são uns hipocritas os que criticam porque o mundo árabe todos têm suas terras porque só os israelitas não .

  16. Nem precisa falar. Você já sabe.
    °
    Sobre a mídia & da Imprensa (que PT chama de “PiG” a mais de 7 anos pois odeia o jornalismo. Fala mal o tempo todo de jornais históricos, da mídia e do jornal da Globo).
    °
    Atenção! Vá a banca e veja a revista dos professores de universidades, dos alunos metidos a intelectuais, a revista de esquerda CartaCapital dessa 1ª semana de dezembro: a manchete de capa é a seguinte (com Lula ocupando a capa inteira em close-up):
    «LULA CONTRA O MERCADO E A GLOBO»
    Isso mesmo! Exatamente o mesmo que a direita-burra — que dá a mão ao petismo — costuma falar aqui em O Antagonista todo santo-dia! rsss
    °
    Além do petismo (uma espécie de religião), quem mais detona a mídia e odeia a GloboNews??
    Você sabe, não sabe?
    Nem precisa falar!…
    |
    Resposta:

    [rsrsrsrs].

    1. Obrigada pela fonte, porém esse site omitiu parte da declaração. Vamos lá : “Abbas : “Além disso, ele ressaltou que Jerusalém é a “capital eterna do Estado da Palestina”. “A decisão de Trump ajudará as organizações extremistas a promoverem uma guerra religiosa que prejudicará toda a região, que já atravessa um momento crítico, e nos levará a uma guerra sem fim”, acrescentou Abbas. (ANSA)

      Essas “organizações extremistas” que Abbas cita é exatamente o Hamas ( o grupo político que governa Gaza apenas, não a chamada Cisjordânia). O grupo Fatah, que integra a Autoridade Palestina, acredita numa saída negociada com Israel. São dois grupos antagônicos. Abbas teme que essa decisão dê munição ao Hamas para patrocinar atos terroristas e que vai gerar reação feroz de Israel, com toda razão !

  17. Ivana, se estava bloqueado aos cristãos , claro, muçulmano é que não visitaria o Santo Sepulcro, se deve á restauração do local. Se vc nao sabe leia esta materia.
    https://g1.globo.com/mundo/noticia/tumulo-de-jesus-restaurado-e-apresentado-na-igreja-do-santo-sepulcro.ghtml

    1. Ivana, os judeus autenticos não são terroristas. O que se chama terrorista judeu, equivocadamente, são os khasarianos, são falsos judeus, se converteram ao longo do processo histórico.São estes khasarianos que empesteiam qualquer consideração de paz pq fomentam as guerras locais, as mundiais. etc.

    2. Pois, as boas pessoas, não tem um rótulo na testa com a classificação.Nem Etnia, Nem religião, nem cor de pele, nem orientação sexual. O que acontece é que os globalistas sempre plantaram estas dissensões justamente para que nos matassemos uns aos outros. Tipo o comunismo no pt que quis dividir o Brasil , fomentando luta de classes de cor de pele, de ricos contra pobres, sul contra o Norte etc. Os globalistas iluminnatis, sempre fizeram isso com a raça humana. Eles embora habitem um corpo de biologia terráquea como nós, são draconianos e odeiam a criação da Fonte de tudo o que É. São os rebeldes. E por tal luciferianos , que tais como Saul Alinsky celebram como o primeiro revolucionário a ser reverenciado. Hillary, Obama, Bill, e a nata da sujeira esquerdista nos Eua* democratas)são parte

    3. A cultura mulçumana não tolera outras religiões.
      É histórico e contemporâneo, são anti pluralismo e totalmente intolerante a fé alheias, inclusive às que divergem ligeiramente, vide guerra entre sunitas e xiitas.

    4. Eu leio tudo sobre a região. Morei em Jerusalém de 2013 a 2016, não havia ainda começado os trabalhos de restauração e fui impedida de visitar o Santo Sepulcro na Sexta Feira da Paixão por todo o período. Conheci pessoas maravilhosas, tanto judeus quanto palestinos, mas uma minoria de radicais judeus e muçulmanos, mais a maioria dos políticos israelenses atrapalham o processo de paz. Condeno qualquer forma de terrorismo, mas não podemos negar que os dois povos deveriam ter o mesmo direito de compartilhar a região.
      Ps: existe sim terroristas judeus também. Posso dar vários exemplos e está disponível até em matérias de jornais israelenses. Já surgiu alguns comentários aqui e vou deixar bem claro que nunca fui de esquerda ou petista, ao contrário sou liberal e conservadora.

    5. Suposta funcionária da ONU, egressa do curso de Relações Internacionais de alguma “federal marxista”, residente no Leblon ou na Vila Mariana:
      Quando os islâmicos permitirem a visita de cristãos, judeus, umbandistas, budistas… a Meca, ou a presença de templos de outras religiões em seus países, o mundo confiará em suas boas intenções em relação a milenar Jerusalém.
      Além disso e só para lembrar: Quando os árabes anexaram Jerusalém na década de 50, suas primeiras ações foram proibir a entrada de judeus, profanar locais sagrados judeus e interditar o Santo Sepulcro.

  18. hehehe, o inferno são os outros. Agora o financiamento que paga a mercenários vai fugir..
    CNN falida, Hillary usando tornozeleira eletronica, Clintos e Bushs denunciados por trafico e pedofilia, iluminattis bancando o terror dos dois lados, a Onu tendo votado em massa contra justiça a Israel,querendo tirar Jerusalém de Israel e dar aos muçulmanos, futricas, conspirações globais, dos globalistas e tudo o que não presta é Trump?As famílias no mundo inteiro, gente de bom coração, elegeram e torceram por Trump e só pela mão do senhor, por que se dependesse da mídia votavamos e torceriamos por Hitler.Soros paga muito bem hein.Os idiotas úteis são filhos de chocadeira ou alienigenas negativos?

  19. Mais de 25 anos,quando a lei promulgada,resolveram adiá-la,com intuito de se buscar resolver tais conflitos. Não resolveu nada. Ai Trump busca uma solução, e vocês,que não tiveram nenhuma capacidade de buscar uma solução,criticam.

  20. Netanyahu mente. Eu morei em Jerusalém até 2016 e durante a Páscoa todos os acessos à Igreja do Santo Sepulcro são controlados e basicamente bloqueados aos cristãos pelas forças de segurança israelense. Igrejas são incendiadas e vandalizadas por extremistas judeus. O Brasil só reconhece a Autoridade Palestina como governo legítimo do futuro Estado da Palestina. O que o Hamas afirma, não deveria ser considerado por esse site, pois não representa a política de Estado do geverno central da Palestina. Não encontrei em nenhum site a citação sobra Abbas dizer que essa decisão levaria à “guerras sem fim”. Por curiosidade, gostaria de receber o link da fonte utilizada.

    1. As pessoas não colocam nomes, vou responder esse “ Ivana, as declaações do Abbas foram divulgadas por completo na Euronews.”👉 Já respondi acima.
      “Você não visitou o Santo Sepulcro porque estava em obras. A visita é livre” 👉 você já foi a Jerusalém na Páscoa ??? “ O que não +e livre é visita ao Monte do Templo e à mesquita Al Aqsa, pois a área é controlada pelos muçulmanos que impedem acesso de “infiéis” ao local. 👉 controlada pelas forças de segurança israelense também, para evitar que os colonos judeus arruaceiros iniciem uma batalha campal no lugar. “ Os locais controlados pelos israelenses, todos, são visitáveis por gente de qualquer religião ou etnia” 👉nem sempre. Na sala da última ceia o cristão é proibido de rezar pelos guardas israelenses !!

    2. Ivana, as declaações do Abbas foram divulgadas por completo na Euronews.
      Você não visitou o Santo Sepulcro porque estava em obras. A visita é livre. O que não +e livre é visita ao Monte do Templo e à mesquita Al Aqsa, pois a área é controlada pelos muçulmanos que impedem acesso de “infiéis” ao local. Os locais controlados pelos israelenses, todos, são visitáveis por gente de qualquer religião ou etnia.

    3. Indignada apenas ACHA.
      É o tal de “achismo”.
      Sem fonte…
      Sem pesquisa…
      Sem citação de revista etc…. [deve odiar revistas… rsrsrs].

    4. Suposta funcionária da ONU, egressa do curso de Relações Internacionais de alguma “federal marxista”, residente no Leblon ou na Vila Mariana:
      Quando os islâmicos permitirem a visita de cristãos, judeus, umbandistas, budistas… a Meca, ou a presença de templos de outras religiões em seus países, o mundo confiará em suas boas intenções em relação a milenar Jerusalém.
      Além disso e só para lembrar: Quando os árabes anexaram Jerusalém na década de 50, suas primeiras ações foram proibir a entrada de judeus, profanar locais sagrados judeus e interditar o Santo Sepulcro.

  21. Trump quer provocar o mundo islâmico e se der sorte haverão muitos atentados, que justificação a xenofobia que ele tanto prega. E com isso, o foco deixará de ser ele, eleito pelos ignorantes e pelos russos. Está fazendo o mesmo que o gal. Galtieri ao declarar guerra à inglaterra invadindo as malvinas.

    1. Claro. Inclusive o pedido de impeachment que o Partido Democrata está para fazer, não é uma cortina de fumaça para esconder os podres da família Clinton que estão aparecendo, não é??
      Trump é quem precisa esconder suas ligações com Rússia. “CERTO”!!!!!
      O ex-chefão da CNN confessando a armação não vale nada, só a palavra da Hillary, não é?? “CERTO”.!!!!!!

  22. Até parece que os terroristas muçulmanos não continuariam a “abrir as portas do inferno” para Israel se continuassem o plano por dois estados!A violência de fanáticos islâmicos(a maioria do islão),continuará independentemente das decisões que forem tomadas,sejam a favor ou contra,pois o corão determina que todo judeu seja morto,foi isso o que Maomé fez e pregou e os muçulmanos continuam a barbárie daquele falso profeta.
    Trump premiou Israel,uma nação democrática,livre e soberana,que resiste heroicamente aos bárbaros islâmicos.

  23. A maior idiotice dos palestinos é não pedirem anexação à Israel.Teriam educação, saúde, emprego e sobretudo justiça.Não precisariam se submeter a ditadores que usam a religião para trazer a morte e a desgraça para as famílias, alem de perpetuar a miséria.

    1. Gente! Pare com “ACHISMOS”.
      É preciso ler e estudar bem a questão.
      E após, — pesquisar.
      Se quiser aprofundar, após fazer os estudos de diversas fontes, dar um pulo por lá.
      Bom…, afinal o assunto é muito complexo e carregado de História. E bem longa.

    2. Concordo. NO fim o orgulho e o ódio nos pobres corações já os pune. São ensinados desde crianças a odiar os judeus. São ensinados a odiar. É tão antigo isso que as crianças de hoje já questionam seus pais.

    3. Caro Thiago, há varias lacunas na sua aula: depois da Segunda Guerra, as Nações Unidas traçaram uma linha verde imaginária . Todas as terras que estivessem a oeste pertenceriam a Israel e à leste dessa linha pertenceria à Palestina. Até hoje Israel ocupa ilegalmente grandes parte do território que deveria ser destinado à criação do Estado da Palestina.
      PS: não sou petista, sou conservadora e liberal, mas morei em Jerusalém por 3 anos e conheci a fundo a realidade local e para finalizar existe também terroristas judeus. Só não sai na imprensa. Eles incendeiam igrejas cristãs e matam palestinos. São iguaizinhos aos terroristas palestinos, mas felizmente esses dois grupos são a minoria em suas respectivas populações.

    4. Olha a narrativa fantasiosa que as pessoas tentam fazer prospetar: “cidadãos de segunda classe em Israel”. É mesmo?? Interessante que a pregação sobre cidadãos de segubda classe está no ALCORÃO. É exatamente assim, como um cidadão de segunda classe, que todo não muçulmano vive em países…muçulmanos.

      Vamos a uma rápida aula de HISTÓRIA: depois da Segunda Guerra, a ONU decretou que aquela área PERTENCERIA aos judeus. No dia seguinte, todos os países que fazem fronteiras com Israel, atacaram…Israel.
      Desde o primeiro dia os muçulmanos deixaram claro que somente a destruição de Israel será aceita. A decisão de Trump é absolutamente acertada. Mas faz o seguinte;
      Qual a importância de Jerusalém no islã?? Pra que serve Jerusalém aos muçulmanos?? Responde.

    5. Já leu sobre como os israelenses árabes são tratados pelo Estado judeu? Sim, porque se diz do Estado, que deveria ser Estado israelense, que é um Estado judeu. Já houve até propaganda institucional desaconselhado casamentos entre judeus e árabes israelenses. Os árabes israelenses vivem em zonas menos bem urbanizadas que aquelas onde moram os judeus. São cidadãos de segunda classe. Eu até acho que os palestinos viveriam melhor como cidadãos de segunda classe no Estado judeu do que como cidadãos de primeira na Palestina, assim como qualquer brasileiro médio viveria melhor como cidadão de segunda classe nos EUA do que como brasileiro de primeira classe no Brasil, mas é difícil aceitar a ideia de ser estrangeiro no seu próprio país.

  24. Que injustiça , Israel cria um estado usurpando e saqueando terras palestinas , semeando o genocidio brutal com esse povo. Israel e um estado nazista acobertado pelos EEUU e com armas nucleares que ameaça toda a região . Israel vai ser o causante de um conflito nuclear sem precedente s.

    1. Vai tomar no seu c, Fernando. Tanta boçalidade movida a mortadela só merece isso de resposta: vai tomar no seu c…

    2. Chamar estado nazista ao Estado de Israel é demais, mas nem por isso deixa de serem pertinentes críticas à condução israelense dos processos de negociação de paz desde que a linha dura ascendeu ao poder. Já se esteve muito mais perto da paz na época de Rabin. Nem todo mundo que critica Israel é mortadela ou esquerdista – se bem que vocês devem ter razão neste caso, porque quem chama nazista ao Estado de Israel tem todo o tipo de ser mortadela mesmo. Mas há críticas bem fundadas e pertinentes, feitas por gente insuspeita de esquerdismo. É preciso moderação para não se igualar aos extremistas.

    3. Amigo, mortadela vencida, carta capetal, brasil 247, dentre outras fezes da esquerda, fazem muito mal e atrofiam o cérebro, devastando neurônios…. tome mais cuidado

  25. Uau! Cumprimento da profecia: “E cairão ao fio da espada, e para todas as nações serão levados cativos; e Jerusalém será pisada pelos gentios, até que os tempos dos gentios se completem.” – Lucas 21:24, NVI

  26. Essa besta fera de cabelo de raposa, esse caipira ignorante, esse aborto da natureza está louco por uma guerra. Não vai deixar passar seu mandato maldito sem um conflito que gere muitas mortes e muitos milhões de dólares!! Esse é o Anticristo de verdade!!!

    1. Mais um marionete na mão da rede globo… fala sério, mortadela… inversão total de tudo… dá até preguiça esta esquerda satanista…

    2. “Não vai deixar passar seu mandato maldito sem um conflito que gere muitas mortes e muitos milhões de dólares!”
      .
      Mas ou menos a mesma coisa que o Obama, então?

  27. A estratégia dos grupos muçulmanos é no fundo interessante…..sou bonzinho, mas entre meu pessoal tá cheio de radical….portanto faça sempre o que peço que você faz um favor a nós dois não cutucando os meus raivosos….ou seja se os muçulmanos não controlam os seus radicais, porque o mundo tem que controlar ?
    Patético é a rede gobles indignada com o poder de realizacao de trump !