Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Itália segue a França e anuncia que exigirá 'passe sanitário' para espaços de lazer

A partir de 6 de agosto, quem quiser ir a academias e cinemas e comer na área interna de restaurantes terá de comprovar que já se vacinou ou que fez teste com resultado negativo para Covid
Itália segue a França e anuncia que exigirá passe sanitário para espaços de lazer
Foto: Gaspard Delaruelle/Pixabay

Seguindo o exemplo da França, o governo da Itália anunciou nesta quinta-feira (22) que irá exigir, a partir do dia 6 de agosto, uma prova de imunização para que os italianos frequentem uma série de espaços de cultura e lazer, registra a agência Reuters.

Será necessário apresentar o chamado “passe verde” para ir a academias, piscinas públicas, ginásios, museus, spas, cassinos e cinemas, bem como para fazer refeições na área interna de restaurantes.

O certificado, digital ou impresso, mostrará se a pessoa recebeu ao menos uma dose da vacina contra a Covid, teve resultado de teste negativo ou se recuperou recentemente da doença.

Mario Draghi, o primeiro-ministro italiano, defendeu a medida como essencial para que o comércio possa permanecer aberto enquanto o país enfrenta uma nova alta da doença —além da expansão da variante Delta do coronavírus, houve queda no ritmo da vacinação.

A Itália ainda está longe dos cerca de 40 mil casos registrados em um dia no pico da pandemia, em novembro. Mas, segundo o site Our World in Data, saiu de uma média móvel de 727 novas infecções em 1º de julho para 3.070 nesta terça, 21.

Mais notícias
TOPO