Je Suis Charlie Michel

“O medo tem de passar para o outro lado”. Foi o que declarou o primeiro-ministro belga Charles Michel, duas horas atrás, ao término da operação policial que resultou na morte de dois terroristas e na prisão de ao menos outros três. Depois que a polícia da Bélgica exterminou a célula jihadista, a polícia da Alemanha prendeu o fanático Ismet D., que recrutava extremistas para o Exército Islâmico, e a polícia da França prendeu onze pessoas ligadas aos atentados em Paris. A palavra de ordem do primeiro-ministro belga tem de ser levada às últimas consequências: quem tem de ficar com medo são os terroristas. O Antagonista propõe um novo movimento: Je Suis Charlie Michel.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200