John Kerry: o Acordo de Paris "não é suficiente"

John Kerry: o Acordo de Paris “não é suficiente”
Reprodução/Casa Branca/YouTube

O enviado presidencial para o Clima, John Kerry, disse nesta quarta (27) que “[o acordo de] Paris [sobre mudanças climáticas] não é suficiente”.

Biden assinou o Acordo de Paris logo depois de tomar posse. Trump havia retirado os Estados Unidos do acordo.

“Esta é uma questão na qual o fracasso literalmente não é uma opção”, acrescentou Kerry.

Biden vai liderar em 22 de abril, Dia da Terra, uma cúpula de líderes sobre o tema das mudanças climáticas.

O presidente também assina nesta quarta (27) uma ordem executiva e um memorando sobre o tema das mudanças climáticas.

A ordem executiva define considerações sobre o clima “como elemento essencial da política externa americana e da segurança nacional”.

Já o memorando direciona as agências do governo “a tomarem decisões baseadas em evidências guiadas pela melhor ciência e dados disponíveis”.

Kerry respondeu a uma pergunta sobre a relevância de os Estados Unidos agirem a respeito do clima sem participação de outros grandes poluidores, como China e Índia.

“Você não pode resolver o problema sozinho, mas a gente fazer alguma coisa faz uma enorme diferença”, respondeu o ex-secretário de Estado.

Leia mais: Enquanto Brasília faz tudo errado, a Crusoé continuará fazendo o certo: fiscalizando o poder.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO