Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Jornalista detida por filmar início da pandemia na China está à beira da morte, diz família

Zhang Zhan, de 38 anos, anunciou greve de fome após ser condenada no fim de 2020 a quatro anos de prisão por "provocar distúrbios da ordem pública"
Jornalista detida por filmar início da pandemia na China está à beira da morte, diz família
Foto: Reprodução/Youtube

A jornalista chinesa Zhang Zhan (foto), detida por filmar o início da pandemia em Wuhan, está à beira da morte, segundo a família dela.

Zhan, de 38 anos, anunciou greve de fome após ser condenada no fim de 2020 a quatro anos de prisão por “provocar distúrbios da ordem pública” — acusação que dissidentes políticos costumam enfrentar no país.

Nos últimos meses, ela passou a usar sonda nasogástrica para se alimentar. O irmão da jornalista, Zhang Ju, disse no Twitter que ela está muito magra e “pode não sobreviver ao inverno”.

Em fevereiro de 2020, Zhang Zhan, que era de Xangai, viajou a Wuhan para fazer os registros, um pouco antes do lockdown. As imagens de pacientes em um corredor lotado de um hospital foram uma das raras gravações divulgadas sobre as condições sanitárias da cidade.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....