Judeu!

Centenas de túmulos do cemitério judaico de Sarre-Union, na fronteira da França com a Alemanha, foram profanados. “Foi um ato odioso e bárbaro”, disse o presidente francês François Hollande. Cinco menores foram detidos.

No ano passado, mais de 850 atos contra judeus foram registrados na França, hoje considerada a nação mais antissemita do Ocidente. Para constatar o fato, o repórter Zvika Klein, do site israelense NRG, percorreu ruas de Paris durante dez horas, usando um quipá, sem que soubessem que ele estava sendo filmado. Um pouco atrás, um segurança o seguia.

Zvika Klein foi insultado de várias formas, sem que provocasse os seus agressores. As demonstrações de antissemitismo aumentaram à medida que ele se afastava do centro da cidade. Veja abaixo alguns minutos do vídeo postado no Youtube e diga se o problema na França é realmente a “islamofobia”, como acreditam intelectuais e políticos brasileiros: