Justiça ordena que ex-diretor de campanha de Trump volte à prisão

Telegram

A Justiça dos EUA ordenou a prisão de Paul Manafort, ex-diretor de campanha de Donald Trump, que responde a acusações de lavagem de dinheiro e fraude tributária.

Manafort já cumpria prisão domiciliar desde outubro de 2017, mas teve a medida revogada por supostamente tentar influenciar testemunhas do processo.

Sob investigação do FBI por suas ligações com russos, o lobista é acusado de receber, ao longo de dez anos, remessas ilegais de US$ 30 milhões do ex-presidente da Ucrânia Viktor Yanukovitch, ligado à Rússia e deposto em 2014.

Comentários

  • Cirval -

    Gente desse tipo ou pior é tratada com carinho pelo STF, nas mãos do Gil, o libertário, mistura de libertador e sicário.

  • PT -

    Petista e petismo é um estado brega de vida e de ser! Blogs petistas falam que não..rsrs Blog não é jornalismo, certo? A imprensa e o jornal têm inclusive bons textos científicos. Tem gente aqui em «O Antagonista» que “acha” — achismo — que imprensa, mídia, jornalismo, jornalista só falam de polític

  • Trump, -

    Faltou falar que o crime do qual é acusado nada tem a ver com o Presidente Trump e sua campanha embora a MSM faça o possível para dar essa impressão.

Ler 11 comentários