Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Justiça suspende licença de Rudy Giuliani para advogar

Ex-prefeito de Nova York foi punido pelo Judiciário estadual por sua participação na tentativa de reverter a derrota eleitoral de Donald Trump, em 2020; cabe recurso da decisão
Justiça suspende licença de Rudy Giuliani para advogar
Foto: Alan Santos/PR

O ex-prefeito nova-iorquino e advogado de Donald Trump Rudy Giuliani teve sua licença para advogar suspensa pela Justiça do estado de Nova York nesta quinta-feira (24). Cabe recurso da decisão.

Em seu papel de defensor do então presidente dos EUA, Giuliani repetiu o discurso de Trump de que urnas eletrônicas haviam sido adulteradas e de que houve fraudes na eleição de 2020, que deu a vitória ao democrata Joe Biden. As afirmações nunca foram comprovadas pela campanha republicana.

Segundo a decisão da Justiça estadual, a conduta do advogado de Trump ameaça o interesse público, e há a possibilidade de sua suspensão permanente.

Giuliani, que foi chefe da Promotoria para o distrito que engloba Nova York antes de se eleger prefeito da cidade, em 1993, chegou a ser visto como herói nacional por sua ação na prefeitura após os ataques do 11 de Setembro de 2001.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO