Líder de golpe assume como primeiro-ministro da Tailândia

Cinco anos depois de liderar um golpe militar na Tailândia, Prayuth Chan-ocha assumiu nesta terça-feira como primeiro-ministro do país.

Ontem, o líder havia anunciado o fim do regime militar instalado em 2014.

As eleições foram realizadas em março deste ano. O gabinete levou quatro meses para ser formado.

Exclusivo: áudio inédito joga luz sobre práticas suspeitas de membros do Judiciário. SAIBA MAIS AQUI

“Temos de estar preparados para a próxima tarefa, que é apresentar as nossas políticas e criar um senso de unidade para o país. As pessoas têm grandes esperanças neste governo”, disse Chan-ocha, que prestou juramento ao rei tailandês, Maha Vajiralongkorn.

Comentários

  • Sandra -

    Uma boa embaixada..... manda pra lá...rsrssr

  • ROBERT -

    O Rei tem que ficar esperto com os camaradas.

  • opɹɐnpǝ -

    A população, cansada de ir ás ruas e nada acontecer, foram então para a porta dos quartéis durante dias seguido aí os Militares interviram, isso não é golpe !!!

Ler 5 comentários