Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Macron cancela reunião sobre migração e acusa Boris Johnson de não ser 'sério'

Ministros de França e Reino Unido se encontrariam no domingo para discutir crise migratória no Canal da Mancha, onde 27 morreram em naufrágio nesta semana
Macron cancela reunião sobre migração e acusa Boris Johnson de não ser sério
Foto: Andrés Valle/Presidência do Peru

A França cancelou nesta sexta-feira, 26, as negociações que travaria com o governo britânico sobre a crise de migração no Canal da Mancha, com Emmanuel Macron (foto) acusando Boris Johnson de não ser “sério”, registra o Estadão.

Em visita a Roma, o presidente da França disse que seu ministro do Interior, Gérald Darmanin, não participará do encontro que teria neste domingo, 28, com sua homóloga do Reino Unido, Priti Patel. Em vez disso, ele se concentrará nas negociações com os ministros da União Europeia.

Macron também criticou o primeiro-ministro britânico por postar no Twitter uma carta que escreveu exigindo que a França recebesse os migrantes de volta.

“Fico surpreso com os métodos quando eles não são sérios. Um líder não se comunica com outro por tuítes ou carta que é tornada pública”, disse o presidente, acrescentando que a França tratará de trabalhar com os britânicos “se eles decidirem levar a sério” a questão.

Ao comunicar o cancelamento da reunião, Darmanin disse a Patel que a carta de Johnson foi uma “decepção”: “Torná-la pública tornou tudo ainda pior. Portanto, preciso cancelar nossa reunião em Calais no domingo”.

Na última quarta (24), pelo menos 27 migrantes morreram ao tentar cruzar o Canal da Mancha num pequeno barco que saiu da cidade francesa de Calais.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....