ACESSE

Macron prorroga o confinamento na França até 11 de maio; creches e escolas abrirão progressivamente depois

Telegram

Emmanuel Macron acaba de anunciar na TV que o confinamento na França foi prorrogado até 11 de maio.

Já faz um mês que os franceses estão confinados.

As fronteiras permanecerão fechadas até segunda ordem.

Depois de 11 de maio, creches e escolas abrirão progressivamente, mas não as universidades e escolas de ensino superior. Bares, cafés, restaurantes, cinemas, teatros e museus permanecerão fechados.

Com o país parcialmente reaberto, serão feitos testes em todas as pessoas que apresentarem sintomas de Covid-19. Para quem estiver na faixa de risco, como idosos e portadores de doenças crônicas, o confinamento deverá durar mais.

Apesar do achatamento da curva, Macron disse que o jogo não está ganho.

Ao final do discurso, ele fez um apelo para que França saiba “sair das trilhas batidas, das ideologias e nos reinventarmos. Eu serei o primeiro”.

Leia também: O remédio para a pandemia?

Comentários

  • FREITAS -

    Pelo jeito, Macron não caiu no conto daquele médico vigarista francês...

  • Aparicio -

    Macron é um b.urro, também não consultou o maior especialista em COVID 19 o Sr Jair Jumento Traiçonaro.

  • Richard -

    foi falar mal da nossa Amazonia agora a conta chegou sr Macron

Ler 4 comentários