Macron vai gastar de 8 a 10 bilhões de euros a mais com o seu pacote de bondades

O francês Pierre Moscovici, comissário europeu para assuntos econômicos, obrigou o governo italiano a refazer o orçamento para 2019, dizendo que Roma, daqui a três anos, iria acabar gastando mais do que o limite permitido pela União Europeia.

O que fará Moscovici em relação ao pacote de bondades anunciado hoje por Emmanuel Macron, que deverá custar de 8 a 10 bilhões de euros a mais ao tesouro — e fará a França ultrapassar já o limite de gastos estabelecido pela União Europeia?

Nada.

Franceses e alemães mandam e desmandam na União Europeia. Os outros países servem como empregadinhos.

Os novos 'donos do poder': você precisa saber o que eles querem e o que estão dispostos a fazer. LEIA AQUI
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO