Maduro exclui opositores de vacinação, diz jornal

Maduro exclui opositores de vacinação, diz jornal
Foto: EPA/Palácio Miraflores/Agência Lusa

Reportagem da Bloomberg mostra que a ditadura venezuelana está excluindo oponentes de Nicolás Maduro da vacinação contra a Covid.

Na semana passada, quando o país iniciou a campanha de imunização, idosos que possuem o Carnet de la Patria — uma espécie de “cartão de fidelidade do estado” — foram selecionados para tomar a vacina.

O cartão, como mostra a reportagem, só é concedido a quem solicita ajuda da ditadura. Especialistas criticam a decisão, já que o regime poderia exigir a carteira de identidade dos cidadãos ou outro registro que toda a população venezuelana possui.

Leia mais: O PT elogiou uma farsa: as eleição legislativa na Venezuela do ditador Nicolás Maduro.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO