ACESSE

Maduro ordena ação militar após suposta tentativa de invasão

Telegram

Nicolás Maduro ordenou uma ação militar contra um suposto grupo de mercenários que teria vindo da Colômbia por mar. Mais de 20 pessoas foram presas, segundo opositores da ditadura venezuelana.

O líder oposicionista Juan Guaidó acusou Maduro de armação. Analistas, porém,  veem no episódio sinais de divisão dentro das Forças Armadas da Venezuela.

Leia AQUI a reportagem de Duda Teixeira na Crusoé.

Leia também: Crusoé e O Antagonista+: 3 meses por R$ 1,90/mês. Comece agora

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 7 comentários