ACESSE

Maduro tentou desestabilizar a Bolívia, afirma ministro

Telegram

O ministro de Governo da Bolívia, Arturo Murillo, acusou Nicolás Maduro de financiar uma tentativa de desestabilizar o governo transitório boliviano, liderado por Jeanine Añez.

Segundo Murillo, o plano envolveu Diosdado Cabello, considerado o número dois da ditadura na Venezuela.

Leia a nota de Duda Teixeira na Crusoé:

Ministro da Bolívia acusa Maduro de tentar desestabilizar seu país

Como o Brasil pode evitar que as confusões dos países vizinhos o contaminem. Saiba mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 13 comentários