Mais de 100 ativistas presos em Cuba desde sexta

Telegram

A italiana Federica Mogherini, representante de Assuntos Externos da União Europeia, se encontrou hoje com o ministro de Relações Exteriores de Cuba, Bruno Rodríguez. Eles falaram sobre investimentos e programas nas áreas de cultura, energia e agricultura, registra a Crusoé.

Federica chegou à ilha na última sexta-feira. Desde então, mais de 100 ativistas pelos direitos humanos foram presos em Cuba. A maior parte deles pertencia às organizações União Patriótica de Cuba (Unpacu) e Cuba Decide. Cinco casas de ativistas foram invadidas por membros da segurança de estado, e vários pertences foram roubados.

Leia a notícia completa:

MÉDICAS E MONSTROS: A TERRÍVEL HISTÓRIA DAS ESCRAVAS CUBANAS — INCLUSIVE NO BRASIL. SAIBA TUDO

Mais de 100 prisões durante visita de Federica Mogherini a Cuba

Comentários

  • ADMALDO -

    Viva a democracia cubana! Viva a esquerda brasileira! kkkkkkkkkk

  • Observador777 -

    Cuba quer seguir os passos da China e da Rússia que abriram economia mas mantiveram-se DITADURAS!!!

  • Péricles -

    De certo eram comunistas pobres. Os comunistas ricos estão no poder e controlam as Forças Armadas e o Judiciário. Qualquer semelhança com um outro país é mera coincidência.

Ler 51 comentários