Manifestantes voltam às ruas em Hong Kong contra lei que permite extradição para China

Telegram

Centenas de manifestantes desafiaram o mau tempo e voltaram às ruas nesta terça-feira, em Hong Kong, em uma nova onda de protestos contra um projeto de lei que prevê a extradição à China, para julgamento, de fugitivos e críticos do regime.

A oposição ao projeto vem levando centenas de milhares de manifestantes às ruas nos últimos dias. No domingo, Hong Kong assistiu à maior manifestação política dos últimos 20 anos.

Apesar da força dos atos de rua, a líder da ilha, Carrie Lam, afirmou que não vai recuar em relação ao projeto de lei — que deve ser debatido mais uma vez pelo Conselho Legislativo, na quarta-feira, dia 12. O órgão é controlado por uma maioria alinhada a Pequim.

Comentários

  • Carlos -

    Essa a China ditatorial Q Mourão e a comunistada admira.Hong Kong foi devolvida à China em 1999 e vinha mantendo uma certa independência administrativa Q aos poucos o governo central vai minando.

  • Daniel -

    Com comunistas nào tem diálogo... bad news!!

  • DireitaMassiva -

    MORTE ao Partido Comunista Chines!!!!

Ler 16 comentários