A mão boba do ministro

O ministro da Defesa do Reino Unido, Michael Fallon, pediu demissão…

Ele é acusado de assédio sexual. Em 2012, durante uma coletiva do Partido Conservador, Fallon colocou a mão no joelho de uma jornalista.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Cirval disse:

    Não sou machista nem feminista, muto pelo contrário, mas se a mulher quer ter os mesmos direitos que os homens, que se defenda da mesma forma que o homem. Assisti a um vídeo no Vespeiro em que a Camile Paglia fala sobre isso e dou razão a ela. Por que a jornalista não estapeou o Ministro quando ele pôs a mão no seu joelho? Que batesse nele com o sapato de salto! Ficou com receio? Mas não teve receio de vir às redes sociais? A Camile fala, com argumentos consistentes, também sobre o modo de se vestir da mulher, que, pelo menos, deve ser discutido com seriedade e não com argumentos de que a mulher é "indefesa".

Ler comentários
  1. Tatiana disse:

    Acho esquisito ser 5 anos depois. Essa mão no joelho deve ter sido inesquecível e gerado muitos traumas...Por que não reclamou na época? Sem falar que há maos no joelho e MÃOS no joelho...

  2. cris disse:

    Uuuuiiiii!!! Que horror! As feministas empoderadas devem estar pulando de alegria com a demissão do ministro. Que ministrinho sapequinha, hein?

  3. Piolho disse:

    Bah, o cara nem chegou perto de to eat e já foi demitido?!! Aplicaram a Sharia nele?

  4. Apocalipse disse:

    Aqui os políticos passam a mão em bilhões e nada acontece, graças ao povo banânico e o grande STF.

  5. rodrigo disse:

    Aqui enfiam a mão no teu ra bo e temos que dizer amem ainda...

  6. Não foi assédio disse:

    AH porr. isso é assediar pra mim assédio é tocar na mulher fala sério geração mimimizenta pqp

  7. Não foi assédio disse:

    Vai chegar o tempo que a mulher vai ter que tomar a iniciativa sempre kkkkkk ainnn não me toque assédiuuummm coisa mesmo de país esquerdista

  8. Reino do Crime Unido disse:

    Por aqui a mão boba é outra e nem sendo cortada pára com a habitualidade criminal! Demitir-se!? É mais fácil ser promovido mesmo.

  9. [ÑINTENDO] disse:

    Peraí! Ele tocou o joelho da jornalista em 2012 e só agora pediu demissão? Só agora que ele foi acusado? Não estou entendendo.

  10. MarciaG disse:

    Nossa... eu leio uma notícia dessas e constato que a gente tá mesmo morando numa selva.

  11. Mimimi feminazi disse:

    Se estivesse pegando na bengala de outro macho nada aconteceria.

  12. Marcelo Carvalho disse:

    Bill Clinton botou a estagiária pra mamar e continua endeusado pela esquerda...

  13. BRASIL NÃO EXISTE! disse:

    AQUI UM CARA EJACULA EM CIMA DE VOCÊ NO ÔNIBUS E O JUIZ FALA QUE NÃO HOUVE VIOLÊNCIA NEM CONSTRANGIMENTO! O BRASIL NÃO EXISTE!

  14. Só minha opinião disse:

    Pra mim ela tentou tirar algo do cara tentou se envolver sei la como o cara não quis nada ela ficou revoltadinha e causou esse alvoroço mulher é bicho mal kkkkk

  15. Alluy disse:

    Enquanto isso no Brasil.... Ministros passam a mão no dinheiro púbilco, passam a mão na bunda do povo e não acontece nada.

  16. juliano disse:

    Caetano come menina de 13. Bill clinton ejacula na estagiária, Jean Willys disse que quer dar para todo mundo. E o inglês que pega no joelho e Bolsonaro que diz que não estupraria são os punidos? Ta tudo muito louco.

  17. Snoopy disse:

    Tem que definir o que é assédio urgente. Dar bom dia é ? Boa noite ? ...

    1. Se for um(a) desconhecido(a) pode ser classificado como assédio sim, inclusive moral.

  18. matus-além disse:

    Por$%, imagina se tivesse colocado a manus em outro lugar !!..

  19. Luiza disse:

    Sorry... mas adoraria mesmo era ter nascido inglesa e hoje estar vivendo com a minha família no interior da Inglaterra... Que sonho, que Karma bom! Quem sabe na próxima encarnação? 🕉

  20. ticotico deus éimprovável disse:

    Mão(s) no(s) joelho(s)? Por quanto tempo? Com que força? Movimentando para cima? Movimentando para baixo? Movimentando para o lado de fora e para cima, ou para baixo? Movimentando para o lado de dentro e para baixo, ou para cima?

  21. Cumprindo seu destino... disse:

    o sobrenome do embaladão é bem apropriado...

  22. Hammer disse:

    É um caso clássico de heterofobia. E digo mais, é notório o assédio moral sofrido pelo ministro em virtude de suas preferências sexuais - ele ousa gostar de mulher. Haja paciência com esse tal de politicamente correto e socialmente idiota. Essa poha ainda vai extinguir a humanidade.

  23. OLS disse:

    SORRIA! VOCÊ ESTÁ SENDO JULGADO PELA JUSTICA5 BRASILEIRA...

  24. Joao disse:

    Hoje em dia colocar a mao no joelho de homem tambem deve ser considerado assedio homosexual. Tão de brincadeira,mais um pouco vamos ter que andar de cabeça baixa para nao cruzar olhares.

  25. Patrizia Suzzi disse:

    Mão no joelho pode ser, mas convite pra sair por escrito? Isso é frescura dessas feministas;.

  26. Hammer disse:

    O Elton John pode beijar na boca de rapazes e tudo bem, até ganhou o título de cavaleiro (ou seria amazona?). Mas um homem pegar no joelho de uma mulher na Inglaterra é um escândalo. Dia desses vi na TV uma passeata de muçulmanos nos arredores de Londres gritando palavras de ordem e xingamentos contra a polícia, contra as autoridades britânicas e contra cristãos, e ficou por isso mesmo pq quem ousasse interferir seria acusado de islamofobia. Agora um homem pegar no joelho de uma mulher aí é desonrra pra caso de renúncia. Ah, britânicos, vão se danar. Vcs querem é piroc@.

  27. Um dos erros do PSDB é ainda ouvir FHC. disse:

    É muita frescura.

  28. Henrique disse:

    A raça humana não será extinta pelo aquecimento global, por bombas atômicas, por uma super bactéria, por um asteróide, por nada disto. A raça humana será extinta porque não haverá mais o contato físico entre o homem e a mulher.

    1. Henrique, gostei do seu pensamento, e concordo com ele. Futuramente, contato físico só com quem quer porque quer ser mulher, mesmo sabendo que jamais o será.