Matar o maior número de pessoas

O homem-bomba sírio que tentou provocar uma carnificina em Ansbach teve seu pedido de asilo negado no ano passado.

A Alemanha concedeu-lhe, porém, um visto temporário, por causa da guerra civil em seu país.

As autoridades da Bavária disseram que o objetivo do kamikaze era “matar o maior número possível de pessoas, o que indica uma matriz de terrorismo islâmico”.

A BBC, por outro lado, tratou o monstro como se ele fosse uma vítima do atentado: