Médicos cubanos querem processar o braço da ONU que foi laranja da ditadura

Na Crusoé, Duda Teixeira informa que um grupo de médicos cubanos quer processar a Opa, da ONU, que funcionou como laranja da ditadura de Raúl Castro no Mais Médicos.

Leia:

Médicos cubanos planejam processar Opas, da ONU, em 75 milhões de dólares

A ditadura cubana rompeu o Mais Médicos porque Bolsonaro prometeu abrir a caixa-preta do BNDES. MAIS AQUI

Comentários

  • alexandre -

    ONU comunista.

  • Nina -

    A ONU há muito tempo tem um comportamento pra lá de questionável. Deve estar infiltrada por gente que recebe dinheiro em troca de favores, além de não fazer o que se espera dela em muitos casos.

  • MIMIMI -

    A ONU não fala nada da Venezuela, né?

Ler 79 comentários