Meia hora fatal

Le Monde publicou uma cronologia dos atentados em Paris.

Entre a primeira explosão, no Stade de France, e o massacre do Bataclan, o mais sangrento de todos, os terroristas cometeram mais cinco atentados, com 37 mortos.

Assim como no caso do Charlie Hebdo, a polícia francesa foi lenta e incapaz.

Onde está a polícia?


Faça o primeiro comentário