Merkel mais forte

A decisão de Angela Merkel de tentar reeleger-se chanceler da Alemanha baseia-se na alta da sua popularidade.

Depois de reconhecer que havia errado na sua política em relação aos refugiados, ela passou a ter 55% de apoio do eleitorado — que também confia em Merkel para enfrentar os desafios que Donald Trump deverá impor à Europa Ocidental e aos valores que lhe são caros.

Faça o primeiro comentário