Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

México ordena prisão de ex-diretor de petroleira acusado de receber propina da Odebrecht

A Justiça do México emitiu ordens de prisão contra Emilio Lozoya, ex-diretor-geral da Pemex –a “Petrobras mexicana”–, e três de seus familiares, informa a Folha.

Segundo o Ministério Público, as ordens de prisão fazem parte das investigações do caso relacionado à empreiteira Odebrecht, acusada de pagar propinas no país.

Lozoya dirigiu a Pemex de 2012 a 2016 e foi um dos colaboradores mais próximos do ex-presidente Enrique Peña Nieto, que governou o México de 2012 a 2018.

Como os leitores de O Antagonista bem sabem, a Odebrecht está envolvida em casos de corrupção espalhados por toda a América Latina, principalmente Brasil e Peru.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO