Milicianos chavistas atacam professores em Caracas

Telegram

Durante um protesto de professores na frente do Ministério da Educação venezuelano, em Caracas, homens saíram do prédio público e começaram a bater nos manifestantes, relata Duda Teixeira na Crusoé.

Em seguida, milicianos chavistas irromperam com suas motos e atiraram para o alto.

Leia a reportagem:

Leandro Narloch: "Quando fica claro que o sistema é um fiasco, a população se revolta." LEIA AQUI

Em Caracas, milicianos atacam protesto de professores

Comentários

  • Carlos -

    Avisaram a ONU?

  • César -

    Pohha, culpa do Bolsonaro.

  • Juscelino -

    Com a palavra os professores brasileiros, especialmente os da esquerda.

Ler 33 comentários