ACESSE

Militares de Maduro já executaram mais de 23 mil venezuelanos

Telegram

A Venezuela contabilizou ao menos 23.625 execuções extrajudiciais entre 2016 e 2019, segundo o Observatório Venezuelano de Violência. Só no ano passado, os assassinatos perpetrados pelos militares de Nicolás Maduro vitimaram 5.286 pessoas, em meio a um universo de 16,5 mil mortes violentas.

A ONG estima que as forças de segurança da ditadura sejam responsáveis por 32% das execuções no país. Oficialmente, os assassinatos cometidos pelos militares são classificados como ocorrências por “resistência à autoridade”.

Leia AQUI a reportagem de André Spigariol na Crusoé.

Leia mais: Cerco à Lava Jato beneficia petistas e tucanos

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 27 comentários