Ministro da Colômbia renuncia após 19 mortes em atos contra reforma tributária

Ministro da Colômbia renuncia após 19 mortes em atos contra reforma tributária
Foto: Reprodução, France 24

O ministro da Fazenda da Colômbia, Alberto Carrasquilla, renunciou nesta segunda, 3, um dia depois de o presidente Iván Duque pedir a retirada do polêmico projeto de reforma tributária apresentado ao Congresso, registra o Estadão.

A apresentação do projeto desencadeou uma série de violentos protestos nas ruas colombianas, que deixaram pelo menos 19 mortos.

“Minha continuidade no governo dificultaria a construção rápida e eficiente dos consensos necessários para levar adiante outro projeto de reforma”, afirmou o ministro em sua carta de renúncia a Duque.

A violência que se seguiu a cinco dias de protestos maciços contra a reforma deixou também ao menos 800 feridos. O ministro colombiano da Defesa, Diego Molano, acusou grupos dissidentes das Farc pelos atos violentos.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
TOPO